O que acontece com o Clitórias quando se tem orgasmo?

Vote

Muitas vezes essas questões não são resolvidas porque esbarram na desinformação e principalmente na vergonha. Tratar de assuntos polêmicos não é fácil para ninguém e muitos, mesmo diante dos médicos, não conseguem se sentir à vontade para perguntar certos detalhes. Os questionamentos são infinitos e dizem respeito a tudo relacionado ao sexo, como o relacionamento com o parceiro, doenças, questões físicas ou comportamento sexual. O bom é que quanto mais se sabe sobre sexo, melhor ele fica. Sim, porque tendo segurança sobre o que está acontecendo e sabendo como lidar com as questões que surgem, vai ficar mais fácil se divertir e curtir sem receios ou preocupações. Confira algumas das questões mais polêmicas sobre o sexo respondidas na ponta da língua: O que são os orgasmos múltiplos no porno brasil? Orgasmos múltiplos são sucessivos orgasmos ou picos de orgasmos na mesma relação.

É quando a mulher após a excitação atinge o clímax e permanece nele sem interrupções. Tem um orgasmo, na sequência outro, depois outro e assim sucessivamente. Eles ocorrem porque o clitóris não relaxa imediatamente após o orgasmo. Mas também é uma característica que esses orgasmos sequentes sejam menos intensos do que o primeiro. Qual a diferença entre orgasmo e ejaculação? Orgasmo é o pico de prazer sexual. Ejaculação é o ato de liberação do esperma pelo homem, ou de um fluido pela mulher, estimulado pelo ato sexual ou masturbação, apesar do último ser mais raro. Um não necessariamente precisa do outro. É possível deixar minha vagina mais estreita? Sim, é possível deixar o canal vaginal mais estreito. Para isso existem exercícios perineais ou o pompoarismo. São exercícios específicos para a região. Para fortalecê-la é necessário isolar os demais músculos e focar nesse. Parece tarefa fácil, mas exige dedicação e foco. Eles podem ser feitos com acessórios ou sem.

Qual a diferença entre orgasmo vaginal e orgasmo clitoriano? O orgasmo clitoriano é aquele que se alcança com a estimulação do clitóris e o orgasmo vaginal é o que chega com a estimulação do canal vaginal, ressaltando que as mulheres podem chegar ao orgasmo tanto pela incursão sexual, ou seja, a penetração, quanto pela masturbação. De qualquer forma, a excitação do clitóris sempre estará ligada ao orgasmo. Mesmo a penetração o excita porque ele é bem maior do que a pequena parte que é visível. Existe idade para ter um orgasmo melhor? Em qualquer idade pode-se chegar ao orgasmo. A experiência aparece como uma boa aliada e quanto maior o conhecimento do seu corpo, mais chances de você ter orgasmos com mais frequência e maior qualidade. Para isso, a melhor fórmula continua sendo o autoconhecimento. Porque não consigo atingir o orgasmo durante o sexo?

Na masturbação eu consigo sempre! Seja qual for o tipo de orgasmo, na mulher ele sempre estará relacionado ao clitóris. Quando você faz o trabalho sozinha, sabe exatamente onde tocar, a hora certa, a pressão e tudo o mais. Já os homens acabam pensando mais em penetração ou, muitas vezes, nem se lembram do clitóris. A melhor maneira de conseguir um orgasmo durante uma relação é conseguindo indicar ao seu parceiro onde ele deve tocar, como fazer, explicar que o clitóris é importante, e quem sabe um sexo oral? Para muitas mulheres esse é o melhor segredo. Por diversos motivos muitas mulheres não conseguem atingir o orgasmo com a penetração, desde questões psíquicas, emocionais, culturais, religiosas e traumáticas até questões físicas como o vaginismo, a vulvodínia e a endometriose. Minha lubrificação não está do jeito que eu esperava, o que fazer?

É preciso investigar o motivo porque muitas vezes o problema é apenas falta de preliminares caprichadas que facilitem e estimulem a lubrificação. Um dos problemas comuns é a queda das taxas hormonais, que costuma acontecer na fase pós-menopausa e provoca secura vaginal, e com isso diminuição da lubrificação. O tratamento pode incluir géis lubrificantes, reposição hormonal tópica ou sistêmica. O tratamento deve ser individualiza